Cantora que transmitiu Aids escapa da prisão


DARMSTADT, Alemanha, 26 Ago 2010 (AFP) -A estrela da música pop alemã que escondeu ser soropositiva e que transmitiu o vírus da Aids a um de seus amantes foi condenada nesta quinta-feira a dois anos de prisão com sursis, ou seja, com suspensão condicional da pena.

Nadja Benaissa, de 28 anos, cantora do grupo pop alemão No Angels, foi condenada por um tribunal de Darmstadt (oeste) por agressão mediante transmissão da Aids.

Também foi declarada culpada por tentativa de agressão por ter mantido em duas ocasiões relações sexuais sem proteção com outro homem.

Benaissa, 28 anos, admitiu que não disse a verdade sobre seu estado de saúde a três amantes, com os quais manteve relações sexuais sem proteção, mas alegou que não pretendia contaminá-los.

"Sinto muito", declarou a cantora no tribunal de Darmstadt, oeste da Alemanha.

Nadja Benaissa, portadora do vírus desde 1999 e mãe de uma menina, foi acusada de maus-tratos e ferimentos graves por ter infectado com conhecimento de causa um dos amantes. Ela poderia ser condenada a entre seis meses e 10 anos de prisão.

A cantora, integrante de um grupo de música pop feminino chamado "No Angels", foi presa em abril e liberada 10 dias depois.

O grupo No Angels ganhou fama em 2000 em um programa de televisão e gravou músicas que fizeram sucesso na região central da Europa.

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos