Casa do cantor Cliff Richard é revistada por denúncia de abusos contra menor

  • Leon Neal/AFP

    O músico britânico Cliff Richard durante sessão de fotos em Londres

    O músico britânico Cliff Richard durante sessão de fotos em Londres

A polícia britânica revistou nesta quinta-feira (14) a casa do cantor Cliff Richard como parte de uma investigação sobre supostos abusos sexuais contra um menino nos anos 1980, informou um porta-voz.

"Os policiais estão neste momento na propriedade" do cantor de 73 anos em Sunningdale, sul da Inglaterra, acrescentou a fonte.

"A ordem de revista foi emitida depois que a polícia recebeu uma acusação de natureza sexual que remonta aos anos 80 e envolve um menino que tinha menos de 16 anos na ocasião", acrescentou. "Ninguém foi preso e o proprietário não estava em casa", disse ainda.

A fama de Sir Cliff Richard - ele foi em 1995 o primeiro cantor de rock britânico a ser honrado com o título de cavaleiro real - remonta aos anos 1950. Entre seus sucessos estão "Living Doll", "Congratulations" e "The Young Ones".

Cliff dominou o cenário musical da Inglaterra na década de 50 e 60, acompanhado da banda The Shadows. Com mais de 100 compactos, ele está na lista dos mais vendidos, ao lado do músico Elvis Presley. 

As investigações ainda estão em curso, mas não estariam ligadas à Operação Yewtree, da Scotland Yard, lançada após uma centena de escândalos sexuais envolvendo o astro televisivo Jimmy Savile, morto em 2011.  


 

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos