Mel Gibson quer processar roteirista por gravar acesso de fúria em sua casa, diz site

Do UOL, em São Paulo

  • EPA

    Mel Gibson durante passagem em um tribunal de Los Angeles em 2011

    Mel Gibson durante passagem em um tribunal de Los Angeles em 2011

O ator e diretor Mel Gibson considera processar o roteirista Joe Eszterhas por gravar um de seus acessos de fúria em sua residência na Costa Rica em dezembro, informou o site TMZ nesta quinta-feira (19).

A gravação de pouco mais de dois minutos e meio mostra Gibson explodindo pela falta de progresso de Eszterhas no script do filme “The Maccabees". Ele grita frases como “que p**** você tem feito?!”, além de diversos impropérios e frases inaudíveis.

Segundo o site, fontes próximas ao ator dizem que ele considera seu direito humano básico não ser gravado em sua própria residência e que a gravação o mostra “em seu pior momento”. O TMZ afirmou que Gibson está investigando as leis da Costa Rica para determinar se vai entrar com alguma ação.

Gibson e Eszterhas estavam em confronto público desde o início deste mês, quando Eszterhas divulgou uma carta alegando que Gibson odeia judeus e ficou feliz com o assassinato do ex-Beatle John Lennon. O diretor nega as afirmações.

Não é a primeira vez que os acessos de fúria de Gibson são gravados e soltos na internet. Sua ex-mulher, a cantora russa Oksana Grigorieva, também divulgou um áudio do astro em 2010. Mel Gibson completou no final do mês passado um curso de controle de raiva determinado pela justiça da Califórnia como parte de sua liberdade condicional por agredir Grigorieva.



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos