Promotoria rejeita processo contra Lindsay Lohan após suposta batida de carro

Do UOL, em São Paulo

  • Getty Images

    Após o fim de sua liberdade condicional, Lindsay Lohan assiste aos shows do Coachella (15/4/12)

    Após o fim de sua liberdade condicional, Lindsay Lohan assiste aos shows do Coachella (15/4/12)

A acusação de um gerente de boate de que Lindsay Lohan teria batido em seu carro e fugido sem prestar socorro foi negada pela promotoria nesta sexta-feira (4).

Após entrevistar Thaer Kamal, que trabalha na boate Hookah Lounge, e rever as imagens das câmeras de segurança, a polícia concluiu que não havia provas de que o acidente havia acontecido.

O gerente alegava que Lindsay Lohan havia batido em seu carro na saída da boate no dia 14 de março. Na época, a atriz negou as acusações em sua conta no Twitter, classificando-as como “absurdas”. “Acidente? Isso é uma completa mentira. Estou no serviço comunitário. Na última noite, tentei desejar feliz aniversário a uma amiga, mas não consegui porque estava incomodada por todos os paparazzi”, escreveu.

 

* Com informações da Associated Press



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos