Johnny Depp e Vanessa Paradis estão separados desde 2010, diz revista

Do UOL, em São Paulo

A separação de Johnny Depp e Vanessa Paradis foi anunciada em junho de 2012, mas segundo o site da revista “Us Weekly”, os dois não estão juntos desde 2010.

A cantora teria decidido se separar do ator em 2010, mas eles optaram por não divulgar a notícia por causa dos filhos, Lily-Rose, de 13 anos, e Jack, de 10 anos.

“Johnny ficou de coração partido. Mas eles concordaram que a vida das crianças não deveria ser afetada e por isso optaram por manter a separação em segredo”, falou uma amiga da família à revista.

Ressentimento teria motivado a separação
O motivo para o fim do casamento seria o sucesso do ator. A cantora teria ficado ressentida pelo fato do marido se tornar um grande sucesso, enquanto a sua carreira ficava de lado.

“Vanessa sentia como se tivesse sacrificado sua carreira pela dele”, falou a fonte.

Entretanto, Paradis teria sido a responsável por convencer o marido de que era um bom negócio fazer filmes maiores, como “Piratas do Caribe”, em 2003, ao invés dos independentes e obscuros.

Ainda de acordo com a fonte, apesar de o marido receber um salário de aproximadamente US$ 20 milhões por filme, Vanessa reclamava constantemente.

“Nada do que Johnny fazia era bom o suficiente para Vanessa. Quando ele estava trabalhando, ela não ficava feliz. E quando estava em casa, ele era chamado de preguiçoso por não fazer o suficiente pelas crianças e pela família”, falou a fonte.

As brigas se tornaram constante, com Vanessa descontando sua frustação no marido, enquanto Johnny começou a “beber muito”.

“Johnny ficou muito magoado que sua família, que ele amava tanto, estava se desfragmentando”, contou a fonte.

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos