Dado Dolabella é absolvido em caso de agressão à ex-mulher

Carla Neves
Do UOL, no Rio

  • Divulgação/Lola

    Dado Dolabella durante entrevista para a revista "Lola" (maio/2011)

    Dado Dolabella durante entrevista para a revista "Lola" (maio/2011)

O ator e cantor Dado Dolabella foi absolvido nesta segunda-feira (9) na 1ª Vara de Violência Doméstica no Rio. O ator era acusado pela ex-mulher, Viviane Sarahyba, de tê-la agredido em novembro de 2010. A causa foi ganha pelo advogado Marco Aurélio Assef.

"Dado foi absolvido a pedido do próprio Ministério Público, que entendeu que a acusação foi uma história fantasiosa, criada por Viviane, para melhorar sua situação no processo de separação", disse Assef ao UOL, nesta terça-feira (10).

Na época que Sarahyba entrou com o processo, Dado negou qualquer agressão e contou ao UOL que Viviane tinha ido até a casa do ator levar o filho do casal para passar o dia com o pai. Ao chegar no apartamento, Viviane não gostou de ver Eduardo, o outro filho de Dado, e ameaçou ir embora. "Eu segurei no braço dela e pedi para ela deixar o João Valentim comigo. Foi só isso. Eu nunca encostei a mão naquela garota", disse o ator.

Outros processos
No próximo dia 25 de julho, às 13h30, Dado terá um novo encontro com a Justiça. É que a juíza Lindalva Soares Silva, da 11ª Vara Cível do Rio, marcou a audiência de conciliação, instrução e julgamento entre o ator e a camareira Esmeralda de Souza Honório.

Em 2008, durante uma discussão com a atriz Luana Piovani --que era sua noiva na época--, Dado teria empurrado a funcionária quando ela tentou intervir na briga do casal.

Dado também está sendo acusado de agredir o filho Eduardo Neves Dolabella, de dois anos. A acusação foi feita por Fabiana Vasconcellos, mãe do menino, no último dia 30 de junho. Ela foi à 16ª DP (Barra da Tijuca) para prestar queixa contra Dado por agredir Eduardo no dia 1º de abril, na casa onde o cantor e ator mora.

Segundo Fabiana, Dado teria dado um tapa na cabeça do menino e o chamado de “débil mental” depois de Eduardo ter mordido o braço do irmão João Valentim.

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos