"A gente gosta de bunda", diz Antônio Fagundes

Do UOL, no Rio

  • Lufe Gomes/ Revista Quem

    Antônio Fagundes posa para a revista "Quem" (18/7/2012)

    Antônio Fagundes posa para a revista "Quem" (18/7/2012)

No ar como o coronel Ramiro Bastos, de “Gabriela”, Antônio Fagundes criticou o ideal e a cobrança que as mulheres têm sobre si mesmas. “O homem brasileiro não gosta de peito. A gente gosta de bunda. No entanto, elas estão botando peito. Não perguntaram muito para a gente do que a gente gosta. Elas estão ficando magras, magras, magras... Mas a gente gosta do violão!”, conta o ator em entrevista á revista “Quem” desta semana.

Atualmente solteiro – apesar de ter sido visto nesta terça-feira (17) com a ex-namorada, a atriz Alexandra Martins –, o ator afirma que a fama de conquistador não passa de lenda. “Gostaria de ser metade do que as pessoas acham que eu sou. Levo muito não de mulheres. Claro que levo. Mas é bom, quer dizer que ainda estou insistindo, não é?”, argumenta.

Apesar de não ser adepto de produtos da modernidade, como computadores, videogames e afins, Fagundes garante que gosta dos novos tipos de relacionamento. “Eu acho ótimo ficar, ter peguete. Peguete é muito bom (risos)”, diz.

Além disso, o ator confessa não se incomodar com o passar o tempo. “Sempre tive uma nostalgia da velhice. Sempre achei que era muito bom ser mais velho. E hoje um homem pode viver bem até os 80 anos. Então, com 60, tem uma vida inteira pela frente”, afirma.



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos