Mirando carreira em musicais, Mike Tyson diz que "sempre quis ser um bom rapaz"

Do UOL, em São Paulo

  • Erik Kabik/AP

    Mike Tyson durante apresentação de seu monólogo em Las Vegas (20/04/2012)

    Mike Tyson durante apresentação de seu monólogo em Las Vegas (20/04/2012)

Durante uma palestra para investidores em Hong Kong, o ex-lutador de boxe Mike Tyson afirmou que não sabia ser um bom rapaz porque estava sempre concentrado em fazer coisas ruins, informou a agência "Reuters".

"Sempre fui um cara mau que queria ser um bom rapaz", disse o ex-pugilista de 46 anos.

Tyson, que tem um passado de brigas, envolvimento com drogas e uma condenação por esturpro, declarou no evento que encontrou a religião e amadureceu.

"Aprendi a ser um bom rapaz agora e tratar as pessoas da maneira que eu gostaria de ser tratado. É por isso que eu tenho paixão pela vida agora", afirmou.

O ex-lutador disse ainda que está focado em ser alguém responsável, criando uma família e amando a esposa.

Questionado sobre o que gostaria de fazer atualmente, Tyson declarou que quer se dedicar à dança. "Quero atuar em musical", revelou.

Tyson se tornou o mais jovem campeão mundial dos pesos pesados, em 1986, aos 20 anos. Foi condenado a três anos de prisão por estupro, em 1992, e ganhou o apelido de "pior homem do mundo" em uma ocasião.

De volta ao ringue depois da prisão, Tyson se destacou por ter mordido a orelha de Evander Holyfield em uma luta de 1997.

 

 

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos