Beijo no ombro e frase de Neymar são hits em estúdio de tatuador de famosos

Natália Guaratto

Do UOL, em São Paulo

Por um lado, Adão Rosa e Paulão Tattoo, dois tatuadores que estão acostumados a atender celebridades em seus estúdios, gostam da divulgação que os artistas fazem de suas tatuagens nas redes sociais. Mas por outro, eles precisam lidar com a quantidade de fãs e admiradores que aparecem nos estúdios querendo ter tatuagens iguais às dos ídolos.

No Náutica Tattoo, estúdio de Adão com lojas em Santos e Praia Grande, o beijinho no ombro, tatuagem feita por ele em Valesca Popozuda, virou sensação. "Antes o beijo era no pescoço, agora todo mundo só quer no ombro", conta o tatuador. Outra campeã de pedidos é "tudo passa", frase tatuada por Neymar no pescoço. "Ele tatuou isso em um momento difícil da carreira para poder olhar no espelho e ter força", conta Adão, responsável por 13 desenhos do jogador.

Já no Soul Tattoo Art & Café, estúdio comandado por Paulão, em São Paulo, a tatuagem mais pedida é uma representação de Jesus Cristo feita primeiro pelo jogador inglês David Beckham, e depois pelo ator Dado Dolabella. "Acho que o Beckham até cobriu essa tatuagem de tanto que ela foi copiada", diz Paulão, que contabiliza mais de 30 desenhos inspirados no registro do craque. A frase "livrai-me de todo o mal, amém", escolhida por Deborah Secco, também está na lista das mais copiadas do estúdio, afirma o proprietário.

Paulão e Adão afirmam que por mais insistentes que os fãs sejam, eles nunca copiam uma tatuagem. "Faz parte da ética dos tatuadores, cada desenho é exclusivo", diz Adão. "O que a gente tenta fazer é mostrar outras referências para o cliente e convencê-lo a ter algo parecido, mas nunca igual", acrescenta Paulão. "Às vezes, ele pode ter uma tatuagem mais bonita que a do famoso e não sabe", prossegue.

Divulgação/SoulTattoo
Deborah Secco é tatuada por Paulão Tattoo no Soul Tattoo Art & Café
Tatuagens românticas

Outro problema enfrentado pelos tatuadores é a tendência das celebridades de tatuarem o nome ou as iniciais das pessoas com quem estão envolvidas. Um dos casos mais emblemáticos é o da atriz Deborah Secco, que, em 2004, tatuou a frase "Falcão, amor verdadeiro, amor eterno" em homenagem ao então namorado, o vocalista da banda O Rappa.

Autor do desenho, Paulão conta que tentou dissuadir a atriz da decisão na época, mas que ela foi irredutível. "Nem gosto de falar sobre esse assunto porque soube que a Deborah disse em um programa que a tatuagem era temporária e eu não vendo tatuagem temporária", diz o tatuador. Em 2012, Deborah disse em entrevista a Fernanda Young, no programa "Confissões do Apocalipse", que o desenho foi feito para durar apenas 2 anos.

O exemplo de Deborah e de outros famosos como Latino, Kelly Key, Viviane Araújo, Danielle Ciccarelli e Ronaldo – que removeram ou cobriram tatuagens depois de terminarem os relacionamentos – não parece ter ensinado alguma lição aos famosos. Em janeiro deste ano, a modelo Caroline Bittencourt visitou Paulão para transformar o A, inicial do namorado Álvaro Garneiro, que tinha tatuado na nuca, na palavra amor. "Como eles não desistem, agora estou aconselhando a fazerem em lugares mais escondidos ou desenhos que remetam à relação", explica Paulão.

Divulgação/Náutica Tattoo
A frase "tudo passa", tatuada por Neymar é uma das mais pedidas no estúdio Náutica Tattoo
Tatuadores lembram histórias marcantes

Entre as muitas histórias que os tatuadores guardam dos famosos que estiveram em seus estúdios, Paulão e Adão destacaram, em entrevista ao UOL, as mais marcantes.

Adão conta que Neymar chegou de surpresa ao seu estúdio, mas o tatuador já tinha um cliente, chamado Ismael, agendado. "Quando ele chegou, já me chamando pelo nome, pedi para que desmarcassem o tal do Ismael, e aí o Neymar falou que tinha sido ele mesmo quem tinha agendado o horário, como Ismael", lembra, acrescentando que o jogador abandonou o codinome nas outras vezes que esteve no estúdio.

Na ocasião, Neymar tatuou Rafaella e Nadine, os nomes da irmã e da mãe, respectivamente nos pulsos. Depois disso, Neymar fez mais 12 tatuagens no estúdio de Adão e ainda levou a irmã e a namorada, a atriz Bruna Marquezine, para se tatuarem também. Mc Guimê, MC Gui, Antonia Fontenelle e Carol Dantas, mãe do filho de Neymar, são outras personalidades que tiveram os corpos tatuados no estúdio de Adão.

Cansado de reproduzir tatuagens famosas – como a frase bíblica de Deborah Secco e o Jesus Cristo de David Beckham – Paulão conta com empolgação as duas histórias de famosos que marcaram sua trajetória.

"Em 30 anos de carreira, o que mais me marcou foi ter tatuado um cego, o Dudu Braga", conta Paulão. Filho do cantor Roberto Carlos, Braga é ator e radialista e tatuou um centauro, símbolo do signo Sagitário, na perna. "Essa tatuagem me marcou não por ele ser filho do Roberto Carlos, mas por ser cego. Ele nunca vai ver o que tatuou", diz o tatuador, que na época fez o desenho em papel laminado para que Braga pudesse tocar os contornos com as mãos.

Outro caso que marcou Paulão foi o da jornalista Nadja Haddad, que em 2005 foi atingida por uma bala perdida enquanto fazia uma reportagem no Morro Dona Marta, no Rio de Janeiro. Segundo o tatuador, a mãe da jornalista ficou em depressão e superou o problema quando começou a pintar quadros. Em 2012, Nadja escolheu tatuar uma tela de flores da mãe na cintura para homenageá-la.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos